Marcos Kuzka

Brasil

Marcos Cunha, conhecido por “Kuzka” é músico, compositor e vídeo maker. Colabora com vários artistas onde toca diversos instrumentos e adiciona samplers pré-gravados aproximando o som acústico do electrónico. Nos últimos 15 anos compôs música para longas-metragens e curtas além de séries para a TV. Kuzka também é um realizador de vídeo arte onde explora a utilização do som sob a perspectiva da imagem em movimento. Participou em concertos com as cantoras Fernanda Abreu, Paula Morelenbaum, Marina Lima e Adriana Calcanhotto, com quem fez uma turné do álbum “Adriana Partimpim”, vencedor de Grammy Latino 2006. Em 2009, concorreu ao Grammy Latino para melhor engenheiro de som no disco “Telecoteco” de Paula Morenlenbaum, do qual foi produtor. Lançou quatro discos, “Fábio Fabuloso” e “Pasti” (bandas sonoras), o disco ”&” em parceria com o compositor Antônio Saraiva e “Banquete das Cabeças” uma releitura do clássico primeiro disco dos Secos e Molhados. Realizou mais de 20 projectos de música para cinema: entre eles ”Fábio Fabuloso” vencedor do prémio de melhor documentário no Festival do Rio e no Festival internacional de cinema de São Paulo, e ”Só dez por cento é mentira” vencedor do Festival de Paulínia e o Fest Cine Goiânia. Em 2013 realizou sua primeira exibição de vídeo arte no espaço Bikini em parceria com Raul Mourão em NYC. Também participou da coletiva ADIV no Ateliê da Imagem e na DOTMOV na fábrica da Bhering com o vídeo “os horizontes se encontram no infinito” ambos em 2016, no Rio de Janeiro.

 

Links:
Presente nas Sessões:

Obras deste artista no Fuso 2019:

Marcos Kuzka