Living Room

Ana Naomi de Sousa

Curador: Remm Fadda | Sessão: Quando Desconstruímos Algo

A arquiteta palestiniana Sandi Hilal explora o direito ao refúgio na região a norte de Norbotten, próxima do Círculo Polar Ártico, para onde a Suécia está agora a enviar diversos refugiados. Como podem simples atos de hospitalidade sabotar a dinâmica de poder entre refugiados e as suas comunidades anfitriãs? Uma curta metragem que explora não aquilo que foi deixado para trás, mas aquilo que os recém-chegados trazem com eles.

Sandi Hilal é arquiteta e investigadora. É diretora do DAAR, um escritório de arquitetura e um programa de residências artísticas que combina especulações conceptuais e intervenções arquitetónicas. O DAAR recebeu o prémio Claus Prize for Architecture, a bolsa Foundation for Arts, foi selecionado para o prémio Iakov Chernikhov Prize e esteve representado em diversas bienais e museus em todo o mundo (www.decolonizing.ps). Para além da investigação e prática, Hilal está empenhada na pedagogia crítica, sendo fundadora do Campus in Camps, um programa educativo experimental no campo de refugiados de Dheisheh em Belém (www.campusincamps.ps). Dirigiu a Agência das Nações Unidas para Assistência aos Refugiados Palestinianos no Programa para o Médio Oriente (UNRWA), na Cisjordânia (2008-2014).

Inglês, Sueco e Árabe (legendas em Inglês).

Produzido por: Black Leaf Films | O Projeto Living Room é apoiado por Public Art Agency Sweden e AFAC | O documentário foi produzido dentro do contexto de uma instalação artística pela Sandi Hilal (DAAR) e foi apresentado e apoiado por ArkDes, Estocolmo 2018.

Partilhar:

Detalhes

Local:Museu da Marioneta
Data/hora exibição:2 Setembro, às 22:00
Autor:Ana Naomi de Sousa
Curador:Remm Fadda
Ano:2018
Duração:11’ 20’’

Obras seleccionadas pelo curador: