Francisco Miguel

Portugal

Francisco Miguel (2000) acredita que aprendeu a dançar antes de começar a falar. Nascido em Lisboa, muito cedo começou a questionar a função da fala como agente fiel de comunicação e foi na dança que encontrou a sua voz. Desde aí que o seu corpo está em constante movimento e ao longo dos anos foi compreendendo a forma como este se expande quando acompanhado da imagem inerte ou em movimento. A coreografia fugaz do seu crescimento permitiu-lhe completar diferentes formações em áreas como pintura, fotografia e vídeo e tem vindo a participar em diferentes projetos nacionais e internacionais. Hoje estuda Fine Art na Chelsea College of Arts e entre Londres e Lisboa o seu corpo vai encontrando novas possibilidades e questões que espelham o seu futuro pictórico.

Presente nas Sessões:

Obras deste artista no Fuso 2021:

Quelimane